27/02/2019

Programa de saneamento atinge 300 famílias na Bahia

Impactos na renda e na saúde da comunidade  

Sustentabilidade e melhoria na vida das pessoas são objetivos do Programa de Saneamento Rural. Graças a um sistema ecológico de tratamento de esgoto implantado pela Atlantic, oito comunidades vizinhas ao Complexo Eólico Morrinho têm acesso à água limpa, quintais produtivos e a um sistema de compostagem.

“A água saia suja, a gente não utilizava para nada”, conta Edeflausio Santo. Agora, “tudo o que você plantar sai”, celebra o morador de Queimada da Laje, que utiliza a água reaproveitada em suas plantações e, assim como os demais produtores rurais beneficiados, já usufrui do aumento de sua renda familiar.

A iniciativa também gera melhorias na saúde das famílias, como resultado de uma alimentação melhor e da redução de índices de doenças infectocontagiosas causadas pelo esgotamento sanitário inadequado. “Tinha tanta muriçoca que ninguém conseguia dormir”, lembra Lianice Batista, da comunidade Tanque Novo.

Quintais produtivos são construídos pelos agricultores, com suporte da Atlantic, na segunda etapa do programa. Treinamentos e equipamentos oferecidos pela empresa garantem a produção eficaz de alimentos, que ganham vida com a irrigação realizada em valas de infiltração das fossas sépticas.

Como parte da ação, um projeto de compostagem, que destina corretamente os resíduos gerados nas residências, minimiza o impacto da precariedade de saneamento nessas regiões. Somada ao tratamento de água, reduz a poluição ambiental e leva desenvolvimento a 300 famílias do sertão.

Sustentabilidade com garantia de excelência

Motivo de orgulho, o Programa de Saneamento Rural no Rio Grande do Norte, nas regiões dos Parques Eurus II e Renascença V, garantiu à Atlantic uma vaga na final do Prêmio Brasil Ambiental, promovido pela AmCham Rio, na categoria “Água”. E, em 2019, vai contribuir para o desenvolvimento sustentável da Bahia.

Assista ao vídeo: